Sábado, dia 21 de Julho de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

últimas notícias

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Afastado do TCE, conselheiro Novelli quer recuperar 15 relógios de grife
22/10/17 - 14:29 
Por: Karine Miranda- Gazeta Digital

 O ex-presidente do Tribunal de Contas e conselheiro afastado, José Carlos Novelli, requereu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a devolução dos seus bens apreendidos durante a Operação Malebolge, realizada pela Polícia Federal em setembro. A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

 
Segundo Jardim, o conselheiro Novelli quer de volta pelo menos 15 relógios de grife, sendo quatro Rolex, dois Baume & Mercier, dois Raymond Weil e dois Cartier. Além de Bvlgari, Natan, Tag Heuer, Mont Blanc e H.Stern, esses, um de cada.
 
A defesa do conselheiro alega que os objetos foram comprados muito antes dos fatos em que é investigado - e os comprovantes das datas de aquisição de cada um dos bens comprovariam isso. Desse modo, afasta qualquer possibilidade de terem sido adquiridos com meios ilícitos.
 
Novelli e os conselheiros Waldir Júlio Teis, Antônio Joaquim Moraes Rodrigues Neto, Walter Albano da Silva e Sérgio Ricardo de Almeida foram afastados e são investigados por suposto recebimento de R$ 53 milhões em propina para aprovar as contas do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).
 
Além da suposta propina, os conselheiros são acusados de fazer ‘vistas grossas’ ao andamento das obras relativas à Copa do Mundo.
 
O pedido de Novelli será julgado pelo ministro do STF, Luiz Fux, relator do caso, e que autorizou a realização da Operação Malebolge, com base na delação premiada do ex-governador Silval Barbosa.
 
A operação ocorreu em Cuiabá, Rondonópolis, Primavera do Leste, Araputanga, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Juara, Sorriso, Sinop, Brasília (DF) e São Paulo (SP). Além dos conselheiros do TCE, foram alvos o ministro Blairo Maggi (PP), prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB), diversos deputados estaduais e empresários.
 
Outras matérias
20/02/18 10:20 Blairo Maggi deve recuar de disputa no Senado e deixar a política
20/02/18 09:50 Savi e Botelho são apontados como líderes de organização criminosa por delator
20/02/18 09:00 Ciro Gomes diz que não buscará apoio de Lula para eleição
20/02/18 08:20 Defesa questiona STF sobre data para julgamento de recurso de Lula
19/02/18 20:18 Taques diz que Botelho é amigo e merece defesa após operação Bereré
19/02/18 14:39 Gilmar cobra lei de abuso de autoridade sobre vazamento de investigação
19/02/18 12:19 Parlamentares vão ao STF para impedir suspensão de intervenção no RJ
19/02/18 11:23 Justiça Federal nega 47 pedidos de Cunha de uma só vez
19/02/18 09:39 Gaeco deflagra operação contra fraudes no Detran; deputados são alvos
15/02/18 11:00 Valtenir e Medeiros disputam coordenação da bancada federal de MT
15/02/18 10:15 Moro nega pedido de Lula para suspender perícia de sistema da Odebrecht
15/02/18 08:08 Possível candidatura de Temer à reeleição atrapalha planos de Meirelles
14/02/18 16:00 Ministro do STF prorroga prazo de inquérito contra Blairo Maggi
14/02/18 15:30 Valtenir prepara ação de cobrança contra dissidentes do PSB
13/02/18 11:30 Empresa de telefonia é condenada em R$ 8 mil por quebrar sigilo de cliente
13/02/18 11:00 Emanuel Pinheiro negocia para levar 'Cuiabá 300 anos' para Sapucaí
13/02/18 10:00 Justiça pede intervenção federal em MT
12/02/18 17:00 Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo
12/02/18 16:28 TCE manda e prefeito revoga licitação de R$ 5 milhões para contratar estagiários
12/02/18 11:59 Juíza condena Prefeitura a manter farmácias das policlínicas abertas
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco