Segunda-Feira, dia 16 de Julho de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

últimas notícias

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Valtenir prepara ação de cobrança contra dissidentes do PSB
14/02/18 - 15:30 
Por: Gazeta Digital

 

 O deputado federal e presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) Valtenir Pereira disse que já está com uma ação de cobrança pronta para impetrar contra os dissidentes da legenda, que estariam devendo o chamado “dízimo partidário” que é cobrado daqueles que detém mandato eletivo. A informação foi dada durante entrevista ao Jornal do Meio Dia, nesta semana.

 
“Ninguém apresentou qualquer pedido de liberação. Se pedir, eu vou dar a liberação. Não é problema. Uma coisa não exclui a outra. Quem quiser a carta, o PSB estadual está pronto pra dar esta carta porque nós estamos nos organizando pra fazer a ação de cobrança. A ação de cobrança nós estamos preparando, ela já está pronta!”, afirmou.
 
Ao citar o pedido de liberação, Valtenir se referia aos deputados estaduais que ainda estão ligados ao PSB, mesmo demonstrando insatisfação com seu retorno ao partido, no ano passado, e que aguardam a janela partidária para formalizar a saída. São eles: Eduardo Botelho, Mauro Savi, Oscar Bezerra e Adriano Silva.
 
Até o momento, estão concretizadas apenas as desfiliações dos deputados federais Fábio Garcia (ex-presidente da sigla) e Adilton Sachetti, que saíram após acordo com a executiva nacional, que iria processá-los administrativamente na comissão de ética, após votarem na reforma trabalhista, contrariando orientação.
 
Ao falar sobre a debandada dos parlamentares, Valtenir demonstrou compreensão por conta da “mudança de rumo” que o PSB sofreu com sua chegada, mas destacou que precisa cobrá-los financeiramente para que não tenha que se responsabilizar por dívidas deixadas pela gestão passada.
 
“O PSB elegeu o governador Pedro Taques. Ao mudar de rumo, é certo que a gente tem que dar essa liberdade aos deputados estaduais que queiram deixar os quadros do PSB. Agora, claro, a gente vai atrás, existe dívida pra trás. Eu não posso na arrecadação da minha gestão pagar dívida da gestão anterior!”, afirmou. Valtenir alegou que não tem “interesse nenhum” com essa cobrança, apenas o de “pagar as dívidas com os créditos cobrados ainda na gestão anterior”.
 
Logo que retornou ao partido no ano passado, o presidente estadual apontou dívidas de R$ 230 mil nas contas da agremiação, o que foi contestado pelo antecessor Fábio Garcia, que afirmou que iria acionar os contadores para provar que as contas do partido estavam em dia. 
 
Outras matérias
20/02/18 10:20 Blairo Maggi deve recuar de disputa no Senado e deixar a política
20/02/18 09:50 Savi e Botelho são apontados como líderes de organização criminosa por delator
20/02/18 09:00 Ciro Gomes diz que não buscará apoio de Lula para eleição
20/02/18 08:20 Defesa questiona STF sobre data para julgamento de recurso de Lula
19/02/18 20:18 Taques diz que Botelho é amigo e merece defesa após operação Bereré
19/02/18 14:39 Gilmar cobra lei de abuso de autoridade sobre vazamento de investigação
19/02/18 12:19 Parlamentares vão ao STF para impedir suspensão de intervenção no RJ
19/02/18 11:23 Justiça Federal nega 47 pedidos de Cunha de uma só vez
19/02/18 09:39 Gaeco deflagra operação contra fraudes no Detran; deputados são alvos
15/02/18 11:00 Valtenir e Medeiros disputam coordenação da bancada federal de MT
15/02/18 10:15 Moro nega pedido de Lula para suspender perícia de sistema da Odebrecht
15/02/18 08:08 Possível candidatura de Temer à reeleição atrapalha planos de Meirelles
14/02/18 16:00 Ministro do STF prorroga prazo de inquérito contra Blairo Maggi
13/02/18 11:30 Empresa de telefonia é condenada em R$ 8 mil por quebrar sigilo de cliente
13/02/18 11:00 Emanuel Pinheiro negocia para levar 'Cuiabá 300 anos' para Sapucaí
13/02/18 10:00 Justiça pede intervenção federal em MT
12/02/18 17:00 Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo
12/02/18 16:28 TCE manda e prefeito revoga licitação de R$ 5 milhões para contratar estagiários
12/02/18 11:59 Juíza condena Prefeitura a manter farmácias das policlínicas abertas
12/02/18 11:35 Empresa de segurança é condenada a pagar R$ 100 mil por atrasar salários
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco