Terça-Feira, dia 16 de Janeiro de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

judiciário

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Coronel e esposa presos por grampos pedem novo interrogatório
09/10/17 - 13:23 
Por: Janaiara Soares- Gazeta Digital

 

 A defesa do ex-secretário da Casa Militar, coronel Evandro Ferraz Lesco, e de sua esposa, a personal trainer Helen Cristhy Lesco, protocolaram na Polícia Civil um pedido para que os investigados sejam reinterrogados no inquérito presidido pela delegada Ana Cristina Feldner. Juntamente com outras 6 pessoas, ambos foram presos no dia 27 de setembro acusados de tentar obstruir a Justiça nas investigações do esquema de escutas clandestinas que foi descoberto em Mato Grosso.

 
De acordo com o delegado Flávio Henrique Stringueta, o pedido será avaliado. “Demos o direito de eles falarem e não falaram. Ainda não está certo se iremos reiterrogar eles. Vamos falar com os advogados, caso eles não se manifestem na oitiva novamente, não há interesse”, disse o advogado.
 
Na decisão do desembargador Orlando de Almeida Perri que determinou a prisão do casal, Lesco é acusado de apresentar os militares responsáveis pela realização dos grampos ao coronel Zaqueu Barbosa, incumbido pela criação do Escritório/Núcleo de Inteligência. Conforme Perri, os integrantes do que ele classificou como organização criminosa pretendiam montar uma farsa para afastá-lo da relatoria do caso no Tribunal de Justiça de Mato Grosso.
 
Além disso, Lesco teria dado ordem a um militar para evitar a qualquer custo que o então secretário de Justiça e Direitos Humanos, Airton Benedito Siqueira fosse preso por envolvimento no esquema para "não fragilizar o grupo" que teria grampeado ilegalmente centenas de pessoas entre políticos, jornalistas e até membros do judiciário.
 
Helen por sua vez tentou atrapalhar as investigações sobre o esquema de interceptações telefônicas ilegais praticadas por membros do alto escalão do governo e da Polícia Militar na atual gestão. Na ocasião a organização criminosa cooptou o tenente-coronel José Henrique Costa Soares e instalou na farda dele uma microcâmera espiã para que ele pudesse gravar o desembargador Orlando Perri.
 
A ideia era extrair do magistrado qualquer frase que pudesse ser utilizada pelo grupo criminoso para pedir sua suspeição na condução dos 6 inquéritos relacionados ao esquema da "gramplândia pantaneira".
 
De acordo com o depoimento prestado pelo coronel Soares, ele foi inicialmente abordado pela personal trainer Helen Lesco quando o marido dela ainda estava preso pela 1ª vez. Ela teria dito ao policial que sabia dos problemas dele com as drogas e pedido que ele avisasse sobre tudo o que acontecesse no curso do inquérito policial militar e também que monitorasse os passos do desembargador Orlando Perri. 
 
Outras matérias
02/10/17 07:00 Lesco devia ter comprado sistema em nome de defunto, teria dito esposa
27/09/17 10:23 Promotores de justiça também estariam envolvidos em esquema de grampos ilegais
23/09/17 11:00 Ministro Barroso libera para análise ação sobre candidatura avulsa
22/09/17 11:22 Por medo, prefeito pede sigilo em investigação no STF
20/09/17 10:58 MP pede bloqueio de bens de 3 deputados para ressarcimento de R$ 9,5 milhões
19/09/17 20:05 Antônio Joaquim recorre ao STF contra afastamento do cargo
19/09/17 20:00 MP pede que juíza anule delação de advogado que 'blindou' deputado
19/09/17 13:12 Ministro diz que deputado Gilmar Fabris fugiu da PF usando pijama
19/09/17 12:20 Ex-vereador João Emanuel é condenado a 13 anos e 4 meses de prisão
19/09/17 11:19 Silval Barbosa temia ser assassinado na cadeia
19/09/17 10:20 Propina paga por Riva passa de R$ 100 milhões
18/09/17 10:18 Silval Barbosa é interrogado como vítima de extorsão praticada por jornalistas
18/09/17 09:38 Curvo rebate Perri e diz que não havia elementos para denunciar coronel da PM
11/09/17 18:09 MP investiga suposto conluio em licitação do TJ
28/08/17 15:28 Delação de Silval pode envolver ministro do STF, acredita jurista
25/08/17 18:41 Supremo abre inquérito para investigar crimes delatados por Silval Barbosa
15/08/17 13:05 Negada transferência de coronéis presos por grampos para presídios federais
15/08/17 12:00 Coronéis tentam carona no HC que liberou Paulo Taques da cadeia
14/08/17 16:20 STJ nega liberdade ao coronel Zaqueu, ex-comandante da PM
14/08/17 15:00 Ações penais sob Selma Arruda serão divididas com juiz Marcos Faleiros
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco