Segunda-Feira, dia 24 de Setembro de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

judiciário

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Naco investiga Mauro Savi por suposta corrupção no Detran
13/12/17 - 15:42 
Por: Gazeta Digital

 O deputado estadual Mauro Savi (PSB) é alvo de um inquérito civil público que visa apurar fatos narrados nas delações do ex-governador Silval Barbosa e de seu irmão Antônio Barbosa a respeito de suposto esquema de propina em contratos firmados entre empresas e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em que o parlamentar estaria envolvido.

 
Com as investigações, o promotor de Justiça Clóvis de Almeida Júnior, coordenador do Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco Cível), pretende descobrir se houve ato de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito por parte dos três citados.
 
Consta na portaria do inquérito que a propina era oriunda de uma empresa de assessoria, de propriedade do ex-secretário-adjunto de Fazenda Vivaldo Lopes, que mantinha convênio com o Detran, durante a gestão passada.
 
Conforme o Gazeta Digital já noticiou em agosto, logo após a divulgação das delações premiadas de Silval e família, Antônio Barbosa (mais conhecido como Toninho Barbosa), relatou que soube por um servidor do Estado que Mauro Savi utilizava uma empresa de consultoria para receber “retornos”, os quais seriam divididos com Silval Barbosa, o que foi negado por este quando indagado pelo irmão.
 
No entanto, ao saber do esquema criminoso, o então governador teria determinado que seu irmão passasse a receber a propina, em torno de R$ 400 mil a R$ 500 mil, repassando parte para o parlamentar. 
A portaria de abertura do inquérito foi assinada no último dia 11. O prazo para conclusão dos trabalhos é de 1 ano.
 
Outro lado
 
Por meio de sua assessoria de imprensa, Mauro Savi negou as declarações prestadas pelos delatores e afirmou que está a disposição da justiça. 
 
Outras matérias
20/02/18 09:50 Savi e Botelho são apontados como líderes de organização criminosa por delator
14/02/18 16:00 Ministro do STF prorroga prazo de inquérito contra Blairo Maggi
13/02/18 11:30 Empresa de telefonia é condenada em R$ 8 mil por quebrar sigilo de cliente
12/02/18 16:28 TCE manda e prefeito revoga licitação de R$ 5 milhões para contratar estagiários
12/02/18 11:59 Juíza condena Prefeitura a manter farmácias das policlínicas abertas
12/02/18 11:35 Empresa de segurança é condenada a pagar R$ 100 mil por atrasar salários
10/02/18 11:00 Após acusação de propina, conselheiro afastado quer ser investigado pelo STJ
06/01/18 12:00 18 prisões preventivas contra João Arcanjo impedem regime semiaberto
31/12/17 TJ rejeita pedido de R$ 12 milhões a hospitais
29/12/17 14:12 MPE denuncia casal e 2 pistoleiros por morte do prefeito de Colniza
29/12/17 11:00 Ministro do STJ revoga prisão de cabo Gerson Corrêa
28/12/17 Arcanjo paga fiança de R$ 80 mil e se livra de uma prisão
13/12/17 14:23 Ararath ainda tem 45 inquéritos em andamento
11/12/17 18:14 Ex-gestores da Câmara são condenados a devolver valores pago a mais a servidores
11/12/17 17:36 Ação que apurava difamação e ameaça contra juíza é extinta
11/12/17 17:21 Ex-presidente do Detran e empresa terão que devolver R$ 109 mil
11/12/17 13:29 STF deixa Siqueira 'ficar' com a esposa delegada
11/12/17 11:00 Emanuel pede que Fux reconsidere decisão
23/10/17 11:06 Juiz invalida ato de Comissão e reconduz prefeito de Acorizal ao cargo
23/10/17 10:55 Justiça acata pedido do MPE e bloqueia bens de prefeito e secretária
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco