Quinta-Feira, dia 26 de Abril de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

política

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
'Quero ser reeleito', diz Wilson Santos ao negar articulação para o TCE
08/01/18 - 08:49 
Por: Janaiara Soares- Gazeta Digital

 

 O secretário de Estado das Cidades, Wilson Santos (PSDB), negou que tenha articulado sua indicação ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Essa possibilidade foi ventilada nos bastidores nos últimos dias. De acordo com informações obtidas pela reportagem, o deputado licenciado teria até o apoio do governador Pedro Taques (PSDB) para assumir uma cadeira na Corte Estadual de Constas.

 
“Meu projeto é reeleição para deputado estadual, sou candidato a deputado, continuar meu mandato. Sinto-me jovem, útil ao parlamento e hoje estou cumprindo mais uma missão ao Estado. Esse boato existe há alguns meses, mas eu quero renovar minha cadeira do parlamento, meu desejo é de continuar na Assembleia”, disse o tucano.
 
De acordo com a Constituição, o pleno do TCE tem 7 cadeiras, sendo 3 ocupadas por membros indicados pelo Poder Executivo e 4 pelo Poder Legislativo. As duas próximas cadeiras a vagarem na cota do Executivo deverão ser preenchidas pelas duas carreiras públicas como define a Constituição Federal.
 
A vaga que Wilson ocuparia seria de indicação da Assembleia Legislativa. Os deputados José Domingos Fraga (PSD) e Guilherme Maluf (PSDB) também manifestaram interesse na vaga. As tratativas ganharam força após as manifestações contrárias à indicação da ex-secretária do Estado, Janete Riva em dezembro de 2014. Diversos grupos, inclusive servidores do TCE, alegaram que ela não tinha formação necessária para assumir o posto, deixado por Humberto Bosaipo que antes de ser conselheiro também foi deputado estadual. 
 
Antes do processo de substituição do cargo, Humberto Bosaipo renunciou ao posto vitalício na Corte de Contas. Na época, o promotor de Justiça, Roberto Turim pretendia que os deputados considerassem o pedido já durante a indicação de Janete Riva (PSD) à vaga em aberto.
 
Como a solicitação foi ignorada, o MPE ingressou com uma ação civil que pedia a nulidade do ato em que os parlamentares apontaram a ex-secretária de Estado como possível nova conselheira. O argumento era o de que Janete não correspondia aos critérios previstos nas Constituições Estadual e Federal. 
 
Outras matérias
20/02/18 10:20 Blairo Maggi deve recuar de disputa no Senado e deixar a política
20/02/18 09:00 Ciro Gomes diz que não buscará apoio de Lula para eleição
19/02/18 20:18 Taques diz que Botelho é amigo e merece defesa após operação Bereré
19/02/18 09:39 Gaeco deflagra operação contra fraudes no Detran; deputados são alvos
15/02/18 11:00 Valtenir e Medeiros disputam coordenação da bancada federal de MT
15/02/18 08:08 Possível candidatura de Temer à reeleição atrapalha planos de Meirelles
14/02/18 15:30 Valtenir prepara ação de cobrança contra dissidentes do PSB
12/02/18 17:00 Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo
12/02/18 09:23 Criação do bloco independente será oficializada na Assembleia
12/02/18 09:00 Acúmulo ilegal de cargos públicos pode gerar demissão de servidor
11/02/18 13:25 Emanuel diz que reforma administrativa só em março
11/02/18 13:12 Viana cita irregularidades gravíssimas e vota para reprovar contas de Taques
11/02/18 12:00 Vice diz que viveu dias de turbulência após vídeo de Emanuel
11/02/18 10:05 Prefeitos 'terceirizam' gastos com Carnaval
11/02/18 09:40 Governo busca apoio da base para criar Fundo de Estabilização Fiscal
08/01/18 10:10 Emanuel Pinheiro é cobrado pelo PMDB a discutir as eleições deste ano
07/01/18 12:00 Prefeito decide aguardar licitação do VLT, mas ainda fala em plantar palmeiras
06/01/18 11:00 Acusações complicam a recandidatura do governador de MT
06/01/18 13:12 PP quer chapa pura para deputados estaduais em MT
06/01/18 10:49 Defensores públicos vão ao STF cobrar duodécimos atrasados do Estado
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco