Domingo, dia 27 de Maio de 2018
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

política

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Prefeito decide aguardar licitação do VLT, mas ainda fala em plantar palmeiras
07/01/18 - 12:00 
Por: Janaiara Soares- Gazeta Digital

 O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), afirmou que vai aguardar a licitação para a retomada das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), mas não descarta o planejamento de plantar palmeiras nos canteiros de obras do modal que passam pelas principais avenidas da Capital. O secretário estadual Cidades, Wilson Santos (PSDB), afirmou que o edital de licitação deve ser lançado até março.

 
“O secretário me procurou, conversou comigo sobre a retomada das obras, mas caso isso não seja feito nós vamos fazer a plantação das Palmeiras, não vai ser gasto um sentavo de dinheiro público porque tenho essas plantas no horto florestal. Vamos aguardar, mas Cuiabá não pode esperar porque esses canteiros prejudicam a mobilidade e a imagem da cidade”, disse o gestor.
 
No final de agosto do ano passado o governo do Estado anunciou a suspensão das negociações com o Consórcio VLT Cuiabá/Várzea Grande, responsável pela implementação do VLT. O contrato firmado foi rescindido após um longo processo administrativo. A nova licitação deve ficar aberta durante 180 dias, e depois disso, a empresa vencedora terá um prazo de 19 a 24 meses para a conclusão das obras.
 
Depois da Operação Descarrilho, deflagrada em agosto pela Polícia Federal como resultado da delação do ex-governador Silval Barbosa apontando fraudes na licitação, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, entre outros crimes que teriam ocorridos durante a escolha do modal VLT, o governador Pedro Taques determinou a suspensão do diálogo com o Consórcio VLT para a retomada das obras.
 
O modal previa duas linhas, totalizando uma extensão de 22 quilômetros entre Cuiabá e Várzea Grande. Apenas um trecho em Várzea Grande teve os trilhos instalados. Ao todo, R$ 1,2 bilhão foram investidos pelo Estado, sendo R$ 420 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e mais R$ 727 milhões da Caixa Econômica Federal.
 
Outras matérias
20/02/18 10:20 Blairo Maggi deve recuar de disputa no Senado e deixar a política
20/02/18 09:00 Ciro Gomes diz que não buscará apoio de Lula para eleição
19/02/18 20:18 Taques diz que Botelho é amigo e merece defesa após operação Bereré
19/02/18 09:39 Gaeco deflagra operação contra fraudes no Detran; deputados são alvos
15/02/18 11:00 Valtenir e Medeiros disputam coordenação da bancada federal de MT
15/02/18 08:08 Possível candidatura de Temer à reeleição atrapalha planos de Meirelles
14/02/18 15:30 Valtenir prepara ação de cobrança contra dissidentes do PSB
12/02/18 17:00 Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo
12/02/18 09:23 Criação do bloco independente será oficializada na Assembleia
12/02/18 09:00 Acúmulo ilegal de cargos públicos pode gerar demissão de servidor
11/02/18 13:25 Emanuel diz que reforma administrativa só em março
11/02/18 13:12 Viana cita irregularidades gravíssimas e vota para reprovar contas de Taques
11/02/18 12:00 Vice diz que viveu dias de turbulência após vídeo de Emanuel
11/02/18 10:05 Prefeitos 'terceirizam' gastos com Carnaval
11/02/18 09:40 Governo busca apoio da base para criar Fundo de Estabilização Fiscal
08/01/18 10:10 Emanuel Pinheiro é cobrado pelo PMDB a discutir as eleições deste ano
08/01/18 08:49 'Quero ser reeleito', diz Wilson Santos ao negar articulação para o TCE
06/01/18 11:00 Acusações complicam a recandidatura do governador de MT
06/01/18 13:12 PP quer chapa pura para deputados estaduais em MT
06/01/18 10:49 Defensores públicos vão ao STF cobrar duodécimos atrasados do Estado
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco