Quinta-Feira, dia 23 de Maio de 2019
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

política

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Governo busca apoio da base para criar Fundo de Estabilização Fiscal
11/02/18 - 09:40 
Por: Gazeta Digital

 

 Anunciado pelo governador Pedro Taques (PSDB) no início da semana passada e já sob resistência na Assembleia Legislativa, o projeto que cria um Fundo de Estabilização Fiscal no Estado deve ser apresentado aos deputados da base governista após o Carnaval. De acordo com governador, as equipes econômica e de planejamento do Paiaguás devem finalizar neste final de semana os estudos para que haja tempo de mostrar o teor da proposta com antecedência aos parlamentares. A princípio, o fundo seria temporário, com duração de no máximo dois anos, e reteria recursos dos Poderes.

 
“Já temos conversado com o deputado Eduardo Botelho [presidente da Assembleia], que tem nos ajudado nisso. Vamos fechar os estudos para poder apresentar aos Poderes e aos deputados da base, já que precisamos do apoio na aprovação.
 
A ideia é economizar cerca de R$ 500 milhões durante 12 meses”, disse Taques. Segundo o tucano, 49% da Receita Corrente Líquida está comprometida com o pagamento de dívidas com a União. Apenas este ano, serão quitados R$ 1,2 bilhão dos R$ 7 bilhões devidos por Mato Grosso.
 
O presidente da Assembleia, porém, vem se mostrando receoso quanto a proposta do Estado. De acordo com Botelho, a falta de recursos prejudica ações do Legislativo. “Os Poderes não têm mais com o que contribuir. Hoje tem quase R$ 540 milhões na mão do governo, que seriam repasses para as instituições e estão atrasados. Eu não sei a posição dos outros Poderes, mas nós iremos avaliar bem essa proposta”.
 
Além dos dez deputados da base governistas, o governo, por meio da Casa Civil, também deve apresentar o projeto aos dez deputados do bloco independente. Com o início do ano legislativo, o grupo, que antes fazia parte do arco de apoio ao governador, se distanciou.
 
Um dos motivos foi a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a aplicação dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Como o Executivo precisa da maioria dos parlamentares para aprovar o projeto, a ideia é que todos participem da reunião.
 
Essa não é a primeira vez que o governo propõe reter recursos dos Poderes. No final de janeiro, sugeriu uma redução de 20% do duodécimo dos primeiros quatro meses de 2018. Pela proposta, de janeiro a abril, o governo pagaria o referente a folha salarial e mais 80% do custeio das instituições. O restante seria usados para quitar os U$ 32 milhões da dívida dolarizada. A proposta não foi aceita por três chefes de Poder.
 
Outras matérias
18/05/19 11:05 Apoiadores de Bolsonaro convocam atos pró-governo no dia 26
17/05/19 21:00 Coaf detecta operações bancárias suspeitas de Ministro
17/05/19 11:23 Bolsonaro muda versão e diz que não fez acordo com Moro para STF
04/05/19 07:00 Bolsonaro cancela viagem a NY para evento em que seria homenageado
03/05/19 13:34 Tereza Cristina sobre isentar atirador de invasor: há outras demandas
01/05/19 11:18 Bolsonaro indica que Coaf fica com Moro
30/04/19 19:50 Caso Queiroz e do filho do presidente completa 482 dias sem conclusão
30/04/19 19:35 PF acha indício de mentiras em despesa eleitoral de laranjas do PSL
30/04/19 12:30 Carlos Bolsonaro ataca comunicação do Planalto e diz que equipe falha
10/04/19 15:17 Janaina Riva assume presidência da Assembleia
17/04/19 11:48 Agronegócio pode se unir para lançar candidato ao Senado
17/04/19 00:43 Silval afirma que Taques foi de pai da moralidade a criminoso
16/04/19 20:55 'Deve confessar logo', aconselha Silval Barbosa à senadora
16/04/19 15:36 Bardusco diz que investigação contra Eraí Maggi continua em andamento
16/04/19 09:20 Difícil ganhar de quem burla as leis, alfineta Fávaro sobre Selma
15/04/19 20:12 Governo e MP firmam parceria para fortalecer investigações contra agentes públicos
15/04/19 14:58 'Quero que delate', diz Emanuel sobre ex-secretário
21/02/19 15:28 Governador cobra providências para retomada de duplicação da BR 163
21/02/19 16:49 Maluf é aprovado para a vaga de conselheiro do TCE
21/02/19 08:30 Maluf recebe 11 votos e é o candidato da ALMT à vaga de conselheiro
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco