Quinta-Feira, dia 21 de Março de 2019
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

cidades

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Assembleia Legislativa discute alterações à Lei da Pesca
20/02/19 - 07:55 
Por: Redação

 
Deputado Faissal propôs audiência pública para debater o tema; deputada Janaína Riva tem projeto de lei sobre o assunto em trâmite na Casa

 Dez anos depois de entrar em vigor, a Lei nº 9096/2009, que dispõe sobre a política de pesca em Mato Grosso, deverá ser objeto de ampla discussão e possíveis alterações ao curso deste ano. Por requerimento do deputado Faissal (PV), está prevista para ser realizada no dia 20 de março, na Assembleia Legislativa, audiência pública a fim de debater o tema.

 
“Na forma que está sendo aplicada a lei, ocorrem vários conflitos entre os pescadores ribeirinhos e empresários do setor hoteleiro, bem como adeptos do ‘pesque-solte’. A divergência se encontra na forma de aplicação, assim como na fiscalização”, avalia o parlamentar. “Por isso é importante a discussão com esses setores e toda a sociedade”, justifica ao propor a audiência pública.
 
Projeto de lei - “Pescar e soltar, é só começar. Muitos estados já regulamentaram a pesca amadora e proíbem o embarque do peixe como Mato Grosso do Sul, Goiás, entre outros. O projeto de lei prevê que governo do estado estabeleça o zoneamento de pesca, bem como a criação de parques de pesca, visando à sustentabilidade. Os parques de pesca serão áreas especificadas, delimitadas e sinalizadas, com fiscalização própria, com a finalidade específica da prática de pesca desportiva, sendo proibida a autorização de abate e transporte de espécies capturadas no local e onde a pesca esportiva poderá ser realizada o ano todo”, explica a deputada Janaina Riva (MDB), autora do Projeto de Lei nº 460/2017, no qual propõe alterações à lei em vigor.
 
Dentre os principais pontos, o projeto prevê que ao portador da Carteira de Pescador Amador somente será permitida a pesca na modalidade “pesque e solte”, sendo proibido para eles o abate e o transporte de peixes pelo período de cinco anos, a contar da sanção da lei.
 
“A partir do sexto ano, o pescador poderá abater e transportar até cinco quilos de peixe ou um exemplar, independente do peso. A partir do sétimo ano da lei, se sancionada, fica autorizado abater e transportar cinco quilos de peixe e mais um exemplar, independente do peso. Vale ressaltar que está havendo muita confusão e que as proibições impostas ao pescador amador não abrangem os ribeirinhos ou a captura de peixes à margem dos rios destinada ao consumo de subsistência”, explica a deputada.
 
Outro ponto da lei que trata com mais severidade a ocorrência de infrações prevê que, nos casos onde haja reincidência específica, a pena a ser imposta pela prática da nova infração será o perdimento de todos os bens envolvidos na atividade delituosa, cuja destinação será fixada em lei, ou, em sua falta, definida pela autoridade policial competente. Isso significa que o pescador reincidente em crimes como transporte irregular de pescado, pesca ou abate ilegal, perderá os equipamentos usados para cometer o delito, sejam eles automóveis, freezers, barcos, equipamentos de pesca, entre outros.
 
Por último, o projeto de lei prevê a criação de parques de pesca com intuito de fomentar o turismo o ano todo em Mato Grosso. Serão locais longe dos já identificados nascedouros, onde mesmo durante o período de defeso será permitida a pesca na modalidade esportiva, ou seja, pesque e solte.
 
 
Outras matérias
21/02/19 08:23 Prefeitura acusa Santa Casa de cobrar e não prestar R$ 24 mi em serviços
20/02/19 13:21 Lei obriga barragens de Mato Grosso instalar sistema de alarmes
19/02/19 18:29 CGE aprofunda auditoria nos serviços de oncologia
19/02/19 17:46 Sema alerta para riscos de visitação ao Parque Serra de Ricardo Franco
19/02/19 17:00 Governo abre diálogo para instalação de fábrica e busca novos investimentos para o Estado
13/02/18 11:00 Emanuel Pinheiro negocia para levar 'Cuiabá 300 anos' para Sapucaí
12/02/18 08:00 Liminar proíbe que empresas suspendam serviços em unidades de saúde
09/10/17 10:00 A pedido do MP, Justiça proíbe tráfego de caminhões na estrada de Chapada
17/09/17 19:17 Candidatos elogiam organização e caráter inovador de concurso
11/09/17 11:36 Indea-MT realiza operação inédita na região de fronteira com a Bolívia
28/08/17 12:13 UFMT abre concurso para 52 vagas de técnicos administrativos em educação
28/08/17 10:56 Data de prova para cargo de Técnico Administrativo é alterada
14/08/17 12:10 Chuva eleva umidade do ar para 94% em Cuiabá
11/08/17 20:00 Após 8 dias, incêndio em parque estadual é extinto
19/05/17 13:40 Secretário Marcelo Duarte vistoria duplicação da Estrada da Guia
12/05/17 18:12 Cuiabá recebe nota máxima por gestão transparente
12/05/17 15:46 Duplicação da estrada da Guia está co ritmo intenso
12/05/17 12:34 Fundador da Gol, Nenê Constantino é condenado a 16 anos por homicídio no DF
12/05/17 08:56 Taques participa de plantio de muda em ato simbólico no Paiaguás
12/05/17 07:48 VoltarAeroporto Marechal Rondon tem maior evolução do país, segundo passageiros
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco