Quinta-Feira, dia 23 de Maio de 2019
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

internacional

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas
02/05/19 - 13:05 
Por: Redação

'Estamos em um combate', afirmou presidente. Líder chavista quer mostrar controle após tentativa frustrada de levante militar liderada pelo oposicionista Juan Guaidó.

 O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, conclamou as Forças Armadas do país a combater "qualquer golpista" depois de uma tentativa fracassada de levante militar liderada pelo líder oposicionista Juan Guaidó.

 
"Sim, estamos em um combate", afirmou Maduro em um ato com milhares de soldados, transmitido pela TV. O alto comando militar reiterou, no evento, sua lealdade ao líder.
 
Ele repetiu o lema "leais sempre, traidores nunca", e ressaltou que não deve haver medo frente à obrigação de desarmar as conspirações da oposição e dos Estados Unidos.
 
"Chegou a hora de combater, chegou a hora de dar um exemplo à história e ao mundo e dizer que na Venezuela há Forças Armadas consequentes, leais, coesas e unidas como nunca antes, derrotando intentonas golpistas de traidores que se vendem aos dólares de Washington", disse Maduro.
 
Levante militar não teve grande adesão
 
O chamado de Maduro chega depois do levante de um grupo reduzido de militares, liderados por Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela por mais de 50 países.
 
Os rebeldes se posicionaram em uma via expressa de Caracas com o líder da oposição, que pediu para que todas as Forças Armadas aderissem ao levante.
 
A cúpula militar reafirmou sua adesão a Maduro, e 25 rebeldes pediram asilo na embaixada brasileira.
 
Outro opositor, Leopoldo López, libertado de sua prisão domiciliar, se refugiou no edifício do corpo diplomático espanhol.
 
Quatro pessoas morreram nos conflitos nas ruas das cidades venezuelanas desde o começo do levante.
 
Estados Unidos e Rússia
 
Autoridades russas e norte-americanas, que apoiam lados opostos do conflito, trocaram acusações depois da tentativa fracassada de derrubar Maduro.
 
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, criticou o que chamou de influência dos Estados Unidos na crise venezuelana. Pelo telefone, o chanceler russo disse a Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, que os EUA enfrentarão "graves consequências" se continuarem a dar "passos agressivos" na Venezuela.
 
O secretário norte-americano afirma que o governo russo trabalha a favor do regime de Nicolás Maduro.
 
Pompeo disse a uma emissora norte-americana que o chavista estava pronto para deixar a Venezuela rumo à Rússia na terça-feira, o que Moscou e o regime Maduro negam.
 
A tensão do lado norte-americano aumentou porque Pompeu disse, na quarta-feira (1), que há a possibilidade de Washington recorrer a uma ação militar para destituir Nicolás Maduro "se necessário".
 
Outras matérias
19/05/19 07:14 Papa diz que liberdade de imprensa é vital
16/02/16 14:12 Taques destaca compromisso para ampliar o desenvolvimento sustentável
16/02/16 12:13 Fórum Global nos Emirados Árabes discute incentivos fiscais
12/11/15 17:58 Magnata que arrematou diamantes em leilões deu joias para filha de 7 anos
02/10/15 07:11 Metas enviadas à ONU sobre aquecimento não limitam aumento de temperatura a 2°C
01/10/15 09:32 Papa lamenta falta de normas claras de acolhimento e integração de refugiados
30/09/15 20:39 Pentágono condena ataques aéreos russos à Síria
27/09/15 16:28 Papa se reúne com vítimas de abusos sexuais nos Estados Unidos
27/09/15 11:12 Nos EUA, Dilma defende reformas no Conselho de Segurança da ONU
25/09/15 06:44 Papa fala a chefes de Estado e de Governo antes da abertura de cúpula da ONU
24/09/15 20:29 Nações Unidas saúdam Colômbia e as Farc por acordo de paz
03/09/15 08:25 Pai da criança afogada em praia da Turquia chega à cidade natal para enterro
03/09/15 09:56 Presidente da Guatemala renuncia ao cargo
02/09/15 09:16 Aquecimento climático continua a aumentar, mostra estudo
01/09/15 07:01 Nasa vai estudar efeitos das mudanças climáticas na região do Oceano Ártico
30/08/15 17:24 Papa lamenta morte dos 71 migrantes na Áustria
28/08/15 08:42 Mais de 300 mil migrantes atravessaram o Mediterrâneo desde janeiro
27/08/15 13:27 Refugiados são encontrados mortos dentro de caminhão na Áustria
27/08/15 11:51 Três cidades sírias têm acordo de cessar-fogo de 48 horas
27/08/15 09:46 Nível do mar subiu em média 8 centímetros desde 1992
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco