Domingo, dia 05 de Julho de 2020
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

política

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Entidades pressionam AL e discordam de projeto de Mauro
02/07/19 - 11:06 
Por: Gazeta Digital

 

 A reinstituição dos incentivos fiscais, proposta pelo governador Mauro Mendes (DEM), em tramitação na Assembleia Legilativa, reuniu na tarde de segunda-feira (1) representantes da economia do Estado. Federações, sindicatos e associações de entidades de classe se mostraram contra o projeto, durante audiência pública. O assunto será retomado nesta terça-feira (2) diante de tantas dúvidas que precisam ser esclarecidas. 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), lembrou que trata-se de uma discussão importante, delicada e inevitável para toda sociedade.
“O papel da Assembleia é fazer o debate com a sociedade civil, setor produtivo, governo e ouvir todos os lados para fechar a questão. É um projeto (PLC nº 53/2019) que mexe com a vida das pessoas e impacta diretamente no desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso. Precisamos fazer todas essas informações do projeto chegar de forma correta até a população para depois encaminharmos propostas ao governo”, disse Botelho.
A proposta do governo chegou à Assembleia no dia 27 de junho; diante da complexidade do tema, os deputados marcaram duas audiências públicas para debater o assunto com a sociedade.
“Não podemos aceitar uma imposição do governo que vai afetar diretamente o desenvolvimento do estado. A questão tributária precisa ser discutida com empresários, não dá mais para aguentar os impostos”, disse o deputado Carlos Avallone (PSDB).
Na ocasião, o presidente do Clube de Dirigentes Logistas de Cuiabá (CDL), Nelson Soares, fez uma explanação sobre os possíveis impactos negativos que devem ocorrer para o comércio, caso ocorra a aprovação do projeto.
“O impacto será extremamente ruim para o Estado. É pegar a economia do jeito que está e ainda aumentar a carga tributária, isso vai recair sobre o consumidor. Estou muito temerário com essas medidas. Acho possível uma solução com diálogo e, principalmente, com o entendimento de nossos deputados  de que essas medidas são nefastas”, apontou Soares.
Para o deputado Xuxu Dal Molin (PSC), o governo do Estado está colocando uma minirreforma tributária à força, para a população mato-grossense. 
“Teremos aumento na energia, alimentos, transporte, combustível e a inviabilização de vários empreendimentos. Estão tirando a prerrogativa de gerar empregos, se nós mantivermos isso. Temos que fazer com que o governo tire essa proposta e faça uma reforma administrativa”, destacou o deputado.
Na opinião do presidente da Fecomércio, José Wenceslau de Souza Junior, o projeto deve ser separado em etapas, e não somente num documento.
“Precisa de diálogo entre Secretaria de Estado de Fazenda, representantes de federações e classe política para que haja um consenso. Temos o prazo de discussão até o mês de dezembro, logo o projeto não precisa ser colocado num pacote só, como está sendo esta proposta. Do jeito que está, fica difícil aprovar um projeto em 11 dias. Se essa proposta for mantida, haverá um colapso em Mato Grosso e as indústrias vão fechar as portas”, disse Souza Junior.
O secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, apresentou um documento com gastos e despesas do Poder Executivo nos últimos anos,  deixando clara a posição governamental de que é fundamental uma reforma tributária com reajustes. “Nosso tributo é antigo e precisa de modificações urgentes. O que temos atualmente está ultrapassado e o governo do estado está disposto a ouvir propostas desde que sejam boas para ambos os lados”, apontou. 
 
Outras matérias
09/08/19 07:09 Crise não é desculpa para negligenciar a gestão, cita Mauro
08/08/19 19:35 Bustamante não sabe se acordo com MPE foi concretizado
07/08/19 18:00 Pedro Taques afirma que está 'louco para falar' na grampolândia
07/08/19 17:43 Justiça autoriza Janaina Riva para atuar como assistente em processo da 'Grampolândia Pantaneira'
01/08/19 14:05 No dia 10, Governo paga ponto cortado dos servidores que retornaram da greve
01/08/19 13:39 Emanuel revela apoio de Botelho e diz que DEM está 'rachado'
01/08/19 17:21 Radicalização de Bolsonaro ajuda Doria a se distanciar
11/07/19 11:32 Deputada diz reforma da Previdência não resolve problema fiscal do Brasil
10/07/19 18:11 Indicação de Selma para Conselho de Ética é questionada
10/07/19 10:23 Assembleia derruba veto e FEX volta ao cálculo para concessão da RGA
09/07/19 RGA não se discute, se paga, diz Emanuel ao confirmar revisão para os servidores
09/07/19 11:05 Presidente da Unimed afirma que projeto que reinstitui incentivos fiscais 'dá alento para o setor"
08/07/19 20:15 Negociações avançam entre Governo e Sintep para o encerramento da greve
07/07/19 11:38 Wellington e Bezerra lideram ranking de emendas pagas pelo governo
06/07/19 13:56 Mauro e Wilson elevam tom de enfrentamentos políticos
05/07/19 09:08 Fávaro suspeita de morosidade no processo de Selma no TRE
04/07/19 20:05 Bancada do MDB é a favor de projeto de incentivos fiscais
04/07/19 18:34 Mauro rebate opositores e prevê R$ 500 milhões de receita
04/07/19 15:40 PGE pede para Eder e Pedro Nadaf sairem do quadro de acionistas de empresa pública
03/07/19 11:45 Deputado, irmãos e mãe passam a ser investigados na Operação Polygonum
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco