Segunda-Feira, dia 18 de Dezembro de 2017
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

judiciário

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Por medo, prefeito pede sigilo em investigação no STF
22/09/17 - 11:22 
Por: Celly Silva- Gazeta Digital

 

 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB) pediu ao ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) que decrete o sigilo absoluto no inquérito que apura a participação dele no chamado “mensalinho” pago pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) a deputados estaduais durante sua gestão no Governo.

 
Motivo disso é que o gestor está com medo de ter que adotar medidas drásticas de segurança para si e sua família, diante do momento político conturbado que foi gerado a partir da veiculação de imagens em que ele aparece recebendo maços de dinheiro das mãos dos ex-chefe de gabinete Sílvio Cézar Corrêa Araújo, no Palácio Paiaguás, quando ainda era deputado estadual.
 
A informação foi confirmada pelo advogado de Pinheiro, André Jacob. “O prefeito não visita obras o dia inteiro em todos os bairros de Cuiabá? Tem sentido o prefeito, que não tem nada a ver o cargo, a cidade de Cuiabá, que não tem nada a ver com o fato que está sendo discutido no processo, ter que arcar, o prefeito ter que andar com segurança pra poder visitar o povo que o elegeu pra cuidar da cidade? Tem sentido? Eu pedi o sigilo justamente pra evitar que os aproveitadores de plantão comecem a inflamar uma situação fora de contexto, que não corresponde à verdade”, disse ao Gazeta Digital.
 
Além do sigilo absoluto nas investigações, Jacob também solicitou ao ministro Luiz Fux que determine abertura de investigação para apurar vazamentos de informações, caso isso venha a acontecer.
 
Conforme apurou a reportagem, também foi solicitado que o prefeito seja investigado em inquérito apartado dos demais delatados pelo ex-governador e seus cúmplices, isso para garantir o sigilo do caso. Ele também apresentou novos elementos ao processo, como o áudio de uma conversa entre Sílvio Corrêa e o ex-secretário de Indústria e Comércio na gestão do peemedebista, Alan Zanatta, que gravou a conversa travada após a delação firmada por Sílvio com a Procuradoria-Geral da República (PGR). O áudio foi divulgado pelo jornal Folha de São Paulo.
 
Quer anular delações
 
Segundo o advogado André Jacob, o áudio foi degravado e periciado, mas não explicou porque quem foi feita a perícia. Esse elemento foi utilizado por ele para requerer ainda a rescisão do acordo de delação premiada do ex-governador e seu ex-chefe de gabinete. “A delação eu pedi a rescisão dela porque o próprio áudio, que já foi degravado e periciado, do Sílvio, comprova que eles mentiram, faltaram com a verdade, tanto o Sílvio quanto o Silval”, disse.
 
Agora, a petição de Emanuel Pinheiro, que foi protocolada no STF nesta quinta-feira (21), deve ser avaliada pela Procuradoria-Geral da República, que dará um parecer e o devolverá para o ministro Luiz Fux, que pode ou não acatar as solicitações do investigado.
 
Outras matérias
13/12/17 15:42 Naco investiga Mauro Savi por suposta corrupção no Detran
13/12/17 14:23 Ararath ainda tem 45 inquéritos em andamento
11/12/17 18:14 Ex-gestores da Câmara são condenados a devolver valores pago a mais a servidores
11/12/17 17:36 Ação que apurava difamação e ameaça contra juíza é extinta
11/12/17 17:21 Ex-presidente do Detran e empresa terão que devolver R$ 109 mil
11/12/17 13:29 STF deixa Siqueira 'ficar' com a esposa delegada
11/12/17 11:00 Emanuel pede que Fux reconsidere decisão
23/10/17 11:06 Juiz invalida ato de Comissão e reconduz prefeito de Acorizal ao cargo
23/10/17 10:55 Justiça acata pedido do MPE e bloqueia bens de prefeito e secretária
23/10/17 09:23 Escrivão continua com escolta mesmo com saída de Perri do processo
22/10/17 17:00 Cabo da PM confessa que operou grampos de dentro do Gaeco
22/10/17 14:29 Afastado do TCE, conselheiro Novelli quer recuperar 15 relógios de grife
22/10/17 09:21 STF não compartilha delações de Silval e Sílvio Corrêa
20/10/17 16:45 Luiz Soares denuncia juiz que o prendeu ao CNJ e Corregedoria do TJ
09/10/17 13:23 Coronel e esposa presos por grampos pedem novo interrogatório
08/10/17 10:08 MPT de Mato Grosso obtém liminar contra JBS de Pontes e Lacerda
02/10/17 07:00 Lesco devia ter comprado sistema em nome de defunto, teria dito esposa
27/09/17 10:23 Promotores de justiça também estariam envolvidos em esquema de grampos ilegais
23/09/17 11:00 Ministro Barroso libera para análise ação sobre candidatura avulsa
20/09/17 10:58 MP pede bloqueio de bens de 3 deputados para ressarcimento de R$ 9,5 milhões
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco