Sábado, dia 16 de Dezembro de 2017
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

brasil

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
TJ mantém optometrista proibido de trabalhar
17/06/17 - 09:20 
Por: Redação
Fonte: Gazeta Digital

 

 O desembargador Dirceu dos Santos negou pedido de liminar pleiteado pelo optometrista Marco Aurélio de Oliveira Amorim, mantendo a decisão da Vara Única da Comarca de São José dos Quatro Marcos que determinou busca e apreensão dos materiais utilizados no exercício irregular da profissão e impediu que ele realize qualquer tipo de publicidade dos serviços indevidos, sob pena de multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento.

 
Marco Aurélio argumentou, contra a liminar concedida à Associação Matogrossense de Oftalmologia, que por ser profissional bacharel em optometria está habilitado a avaliar, examinar, prescrever óculos e lentes de contatos de grau, amparado pelo veto presidencial ao Ato Médico, no inciso VIII e IX, do art. 4°, da Lei Federal n°12.842, de 10.07.2013, que traz autorização de que não é exclusividade médica a prescrição de óculos e lentes de contado de grau.
 
O optometrista alegou ainda que o fato de não poder trabalhar tem lhe causado prejuízos. Sobre isso, o desembargador entendeu que ficar um mês sem salário não lhe causaria danos.
 
"Vale lembrar que o agravo de instrumento é um recurso com tramitação célere e o aguardo de tal prazo, que não deve superar 30 (trinta) dias, não ensejará qualquer prejuízo ao recorrente. Dessa forma, entendo, por ora, como necessária a manutenção da decisão agravada, até que a Turma Julgadora, melhor e mais informada pelo subsídio de outros elementos que virão aos autos, inclusive pelo contraponto que será feito pelas contrarrazões, possa decidir com certeza e segurança sobre o mérito do recurso", decidiu o desembargador.
 
No início de maio deste ano, a Delegacia Especializada do Consumidor (Decon), da Polícia Judiciária Civil em parceria com a Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon) e Conselho Regional de Medicina (CRM), deflagrou a operação “Vertigo” em Cuiabá tendo como alvos 8 proprietários de óticas investigadas por receitar óculos sem exames. Eles foram conduzidos à Delegacia Especializada do Consumidor para prestarem esclarecimentos.
 
À época, o Sindicato dos Óticos e Optometristas de Mato Grosso encaminhou nota afirmando que "como é sabido por todos, os médicos não desistem de atacar os optometristas com denúncias caluniosas e improcedentes, que não encontram respaldo no Judiciário e, agora, tentam mais uma vez, atingir esses profissionais com acusação de venda casada, quando na verdade essa denúncia tem por objetivo afetar o trabalho dos optometristas. A população pode continuar utilizando os serviços dos optometristas mato-grossenses, que são profissionais garantidos por lei, aptos para fazer o seu exame de vista, pode confiar".
 
Outras matérias
13/12/17 15:36 Congresso proíbe autofinanciamento de campanha
09/10/17 10:10 'Estilo Cármen Lúcia' de Dodge preocupa procuradores
02/10/17 09:56 Mais um secretário de Taques envolvido em escândalo
24/09/17 12:23 Moro nega liberação de R$ 1,6 mi a Palocci
17/09/17 17:17 Se Congresso não acabar com coligações, Justiça o fará, alerta deputada
17/09/17 16:35 Governo quer usar CPI da JBS para mudar lei das delações
16/09/17 11:23 Funaro confirma pagamento de propina da JBS a Silval
16/09/17 10:39 Riva admite mais de R$ 100 mi em propinas, diz Veja
11/09/17 20:11 Senador de MT convoca Joesley e Janot para se explicarem no Congresso
11/09/17 15:00 Impeachment de Gilmar Mendes tem o apoio de quase um milhão em petição virtual
11/09/17 13:08 Futuro da delação da JBS pode ficar nas mãos de Raquel Dodge
11/09/17 11:49 Joesley diz que só entrega novas fitas caso acordo se mantenha
06/09/17 10:20 Gilmar Mendes diz que Mato Grosso vive desordem institucional
12/08/17 13:30 Temer diz que é 'ousado' ao fazer reforma trabalhista
19/06/17 13:22 Crivella diz que vai manter cortes para escolas de samba
19/06/17 09:59 "Aécio foi a maior decepção que tive", diz Ciro Gomes
19/06/17 09:00 Fachin aceita pedido da defesa de Lula
19/06/17 08:25 Recluso, Aécio Neves teme prisão
19/06/17 07:23 Aliados de Temer têm dossiê que pede anulação de delação da JBS
19/06/17 06:16 Cunha avalia cenários com ou sem Janot no cargo para fechar delação
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco