Sexta-Feira, dia 21 de Fevereiro de 2020
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

cidades

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Proposta do Governo não modifica imposto sobre itens da cesta básica
03/07/19 - 10:10 
Por: Redação

A única exceção fica para a carne, cuja isenção na comercialização interna não é repassada ao consumidor mato-grossense

 Com exceção da carne (bovina, suína e de aves), não haverá modificações na cesta básica do mato-grossense, de acordo com a mensagem número 114, de 27 de junho, que trata da reinstituição de incentivos fiscais, enviada pelo Governo do Estado para apreciação da Assembleia Legislativa.

 
Segundo informações da Procuradoria Geral do Estado, boa parte dos produtos que compõem a cesta básica é isenta de Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), seja por definição do Governo Federal, seja por ter benefícios fiscais instituídos pelo Estado ou por convênios determinados pelo Conselho dos Secretários Estaduais de Fazenda (Confaz).
 
Os produtos da cesta básica, segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), são carne, leite, feijão, arroz, farinha, batata, legumes (tomate), pão francês, café em pó, frutas (banana), açúcar, banha/óleo e manteiga.
 
Durante a formulação da proposta, umas das preocupações do governo foi não onerar ainda mais os menos favorecidos.
 
No caso do comércio varejista, por exemplo, os optantes pelo simples nacional deixarão de pagar o ICMS antecipadamente e passarão a fazê-lo somente após as vendas, a uma alíquota variando entre 1,3% a 3,9% sobre o faturamento.
 
Já o comércio atacadista, o que inclui os atacarejos, passarão a ser tributado pelo Regime Nacional de Apuração do ICMS, o que significa uma redução de 12% na base de cálculo nas operações realizadas dentro do Estado.
 
O projeto enviado pelo Governo busca eliminar a guerra fiscal entre os estados e garantir segurança jurídica àqueles benefícios que foram concedidos sem autorização do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) no passado.
 
No projeto, de acordo com o texto, haverá redução dos incentivos e uma perspectiva de incremento na receita pública com alterações nas alíquotas do ICMS. Não haverá aumento de incentivos fiscais, nem novo incentivo fiscal.
 
Outras matérias
08/08/19 17:34 Governo repassa mais de R$ 9 milhões para saúde nos municípios
07/08/19 18:35 Sinfra fará licitação emergencial para reparar balsa do Rio Xingu
07/08/19 17:05 Educação é alicerce no combate à violência doméstica
07/08/19 15:36 Lei já salvou muitas vidas, enfatiza desembargadora Maria Erotides
03/07/19 18:20 Projeto de suspensão da pesca por 5 anos causa polêmica
03/07/19 11:01 Sefaz autua transportadoras por sonegação fiscal
01/05/19 10:24 Delegacia Virtual registra quase 100 mil ocorrências de extravio de documentos
16/04/19 11:23 Questão do VLT não tem solução simples, afirma Mendes
15/04/19 09:56 Governo paga segunda parcela do salário de março nesta segunda (15)
14/04/19 12:41 Jornalistas vivenciam atividades práticas do Corpo de Bombeiros
21/02/19 08:23 Prefeitura acusa Santa Casa de cobrar e não prestar R$ 24 mi em serviços
20/02/19 13:21 Lei obriga barragens de Mato Grosso instalar sistema de alarmes
20/02/19 07:55 Assembleia Legislativa discute alterações à Lei da Pesca
19/02/19 18:29 CGE aprofunda auditoria nos serviços de oncologia
19/02/19 17:46 Sema alerta para riscos de visitação ao Parque Serra de Ricardo Franco
19/02/19 17:00 Governo abre diálogo para instalação de fábrica e busca novos investimentos para o Estado
13/02/18 11:00 Emanuel Pinheiro negocia para levar 'Cuiabá 300 anos' para Sapucaí
12/02/18 08:00 Liminar proíbe que empresas suspendam serviços em unidades de saúde
09/10/17 10:00 A pedido do MP, Justiça proíbe tráfego de caminhões na estrada de Chapada
17/09/17 19:17 Candidatos elogiam organização e caráter inovador de concurso
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco