Segunda-Feira, dia 18 de Dezembro de 2017
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

esporte

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Gabriel Jesus decide de novo e Verdão volta ao G4 cantando ?aleluia?
30/08/15 - 19:46 
Por: Redação
Fonte: Gazeta Esportiva

“Glória, glória, aleluia! Glória, glória, aleluia! Glória, glória, aleluia! É Gabriel Jesus!” Foi com esse canto que os quase 29 mil pagantes comemoraram no Palestra Itália, neste domingo, a vitória por 3 a 2 sobre o Joinville que recolocou o Palmeiras na zona de classificação para a Libertadores no Campeonato Brasileiro. Graças ao garoto de 18 anos, que decidiu de novo com dois gols.  

O atacante já tinha dado show para classificar o time diante do Cruzeiro, na Copa do Brasil, e precisou de apenas 52 segundos para abrir o placar nesta tarde. Dudu fez o segundo, aos 23, e o jogo estava na mão do Verdão. Mas duas falhas defensivas entregaram dois gols a Marcelinho Paraíba, aos 26 e 27 do primeiro tempo.

 
O salvador do Palmeiras, porém, seguia em campo. E Gabriel Jesus garantiu a vitória, balançando as redes aos 22 do segundo tempo. Cinco minutos depois, sentiu dores e saiu, mas sem causar preocupação. Graças a ele, o Verdão atingiu 34 pontos e, por ter saldo de gols superior ao do São Paulo, assume a quarta colocação, mantendo o Joinville em penúltimo lugar, com 19 pontos.
 
Na busca para se manter entre os primeiros colocados, o Palmeiras enfrenta o Goiás, às 22 horas (de Brasília) de quarta-feira, no Serra Dourada. O Joinville, brigando para não voltar à segunda divisão, recebe o São Paulo, às 19h30 de quarta-feira, em Santa Catarina.
 
O jogo
O Palmeiras seguiu tão à risca a ordem de Marcelo Oliveira para fazer gol cedo que, aos 53 segundos, Gabriel Jesus já comemorava a abertura do placar. O atacante do momento do Verdão teve frieza e qualidade para passar nas costas da defesa, dominar lançamento de Victor Ramos do campo de defesa e balançar as redes.
 
O ambiente estava completamente propício para uma festa, e o Palmeiras fazia sua parte em campo para isso. Com a mesma formação que fez três gols em 35 minutos no Cruzeiro no Mineirão, tinha a bola e a tocava, ciente de que o time adversário tinha pouco mais do que esforço individual para manter seu posicionamento.
 
Dudu conseguia puxar a marcação e recuar para atuar como um meia, à espera do passe de Zé Roberto, que tinha a sustentação de Amaral, quase um zagueiro nesta tarde, e dominava o meio-campo. Assim, Dudu enfrentou uma série de marcadores e deu um lançamento de letra para Gabriel Jesus, que demorou a finalizar para fazer o segundo, aos sete.
 
O Palmeiras só tinha a lamentar por Egídio, que não acertava nenhuma movimento defensivo ou ofensivo, e Barrios, autor de erros técnicos para finalizar. Mas o resto do time envolvia o Joinville e o segundo gol saiu naturalmente. Aos 23 minutos, Zé Roberto aproveitou rebote para obrigar Agenor a fazer grande defesa, e a bola sobrou limpa para Dudu fazer 2 a 0.
 
Nada parecia capaz de estragar a festa alviverde armada nesta tarde. Até que o sistema defensivo acompanhou a atuação desastrosa de Egídio e entregou dois gols em dois minutos a Marcelinho Paraíba. Aos 26, Victor Ramos errou o bote bisonhamente e William Pop lançou para o veterano descontar. Aos 27, João Pedro tentou afastar cruzamento com chutão e acertou Zé Roberto, com a bola sobrando para Marcelinho empatar.
 
O palmeirense, que vibrava até com Gabriel Jesus dando embaixadas para controlar a bola na entrada da área do Joinville, não conseguia entender. O apagão custou caro e levaram minutos para a equipe retomar suas ações. Quando conseguiu, Barrios acertou a trave em jogada de força física para finalizar, aos 31.
 
Mas o ânimo que o time catarinense ganhou o fez entender que era possível adiantar sua linha de marcação. Atitude simples, previsível, mas suficiente para anular a saída de bola do Palmeiras. Marcelo Oliveira, porém, não buscou solução. Limitou-se a trocar Barrios por Alecsandro no intervalo e recebeu aplausos por, enfim, sacar Egídio, já aos oito do segundo tempo, e colocar Rafael Marques.
 
A disposição ofensiva deu resultado, já que o time ganhou mais mobilidade com Alecsandro e Rafael Marques, além de Robinho entrar no jogo. E o dono da festa seguia em campo. Aos 22 minutos, Robinho tocou para Alecsandro, que abriu as pernas e deixou para Dudu cruzar rasteiro, para a pequena área, onde estava Gabriel Jesus para dar mais uma vitória ao Verdão.
 
Aos 27, o garoto saiu cansado, e exaltado. Seu gol deu tranquilidade e Marcelo Oliveira promoveu a estreia do volante Thiago Santos para fechar o meio-campo. O Verdão voltava a ter o jogo na mão e perdeu boas oportunidades de marcar mais gols. Mas Gabriel Jesus já tinha feito o necessário para a festa alviverde.
 
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 JOINVILLE
 
Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 30 de agosto de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Público: 28.907 pagantes
Renda: R$ 1.963.993,75
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: Naldo, Mario Sérgio e Fabrício (Joinville)
 
Gols:
PALMEIRAS: Gabriel Jesus, aos 52 segundos, e Dudu, aos 23 minutos do primeiro tempo; Gabriel Jesus, aos 22 minutos do segundo tempo
JOINVILLE: Marcelinho Paraíba, aos 26 e aos 27 minutos do primeiro tempo
 
PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio (Rafael Marques); Amaral, Robinho e Zé Roberto; Dudu, Gabriel Jesus (Thiago Santos) e Barrios (Alecsandro)
Técnico: Marcelo Oliveira
 
JOINVILLE: Agenor; Mario Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Diego; Anselmo (Fabrício), Naldo e Kadu (Kempes); William Popp (Silvinho), Marcelinho Paraíba e Edigar Junio
Técnico: Paulo César Gusmão
 
 
 
 
Outras matérias
11/05/17 19:52 Laudo técnico aponta avarias na cobertura do Maracanã na Rio 2016
30/08/15 22:28 Com golaço de Ricardo Oliveira, Santos vence a primeira fora de casa
30/08/15 22:13 Atlético-PR faz 3 a 0, complica o Goiás e fica próximo do G4
30/08/15 21:38 Timão flerta com recuo, mas segura ímpeto da Chape e vence por 3 a 1
30/08/15 21:23 Flamengo derrota o Sport na Arena Pernambuco
30/08/15 21:10 Patric salva, e Atlético-MG vence o Fluminense no Maracanã
30/08/15 14:55 Grêmio não sai do zero contra Coxa
30/08/15 14:38 Avaí atropela Inter na Ressacada e respira
29/08/15 23:12 São Paulo vence a Ponte Preta e volta a ser aplaudido no Morumbi
29/08/15 21:13 Vasco leva gol no último minuto e perde do Figueirense no Maracanã
23/08/15 21:03 Atlético-MG vira sobre o Palmeiras em outra noite de Lucas Pratto
23/08/15 18:50 Guerrero quebra jejum e Fla vence São Paulo de virada na estreia de Oswaldo
23/08/15 18:37 D'Ale perde pênalti, mas Inter mostra 'nova cara' e vence o Atlético-PR
23/08/15 18:24 Corinthians passeia com dois de Love e aproxima Cruzeiro da zona da degola
23/08/15 18:11 Fluminense sofre virada do Joinville, mas segue no G4
22/08/15 20:19 Santos atropela Avaí com 5 gols e redenção de R. Oliveira
22/08/15 20:31 Zé Love estreia pelo Goiás com gol de bicicleta contra o Vasco
22/08/15 18:55 Náutico dá vexame e toma chocolate do Luverdense
23/08/15 11:23 Massa chega ao quarto lugar na tabela, mas lamenta ritmo ruim em Spa
23/08/15 11:12 Hamilton afasta fantasma da largada e vence o GP da Bélgica
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco