Sexta-Feira, dia 15 de Dezembro de 2017
Últimas Notícias
Política
Brasil
Economia
Cidades
Internacional
Esporte
Judiciário
Polícia
 
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Agenda de Eventos
Canal do Internauta
Artigos
 
Envie sua Matéria
Fale Conosco
 

 

esporte

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Atlético-PR faz 3 a 0, complica o Goiás e fica próximo do G4
30/08/15 - 22:13 
Por: Redação
Fonte: Gazeta Esportiva

Walter marcou dois gols e Ewandro um na vitória por 3 a 0 do Atlético-PR sobre o Goiás neste domingo, na Arena da Baixada. O resultado deixou o time rubro-negro encostado na zona de classificação à Copa Libertadores da América do Campeonato Brasileiro e complicou o alviverde.  

Com os mesmos 33 pontos ganhos do Fluminense (que leva desvantagem no número de gols marcados), o Atlético-PR está um atrás do quinto colocado São Paulo e do quarto Palmeiras. Bem mais embaixo, o Goiás totaliza 22 e ocupa a 17ª posição, na zona de rebaixamento.

 
As duas equipes voltarão a campo na quarta-feira. Enquanto enfrentará o xará Atlético-MG no Independência, o Atlético-PR torcerá por um bom resultado do Goiás diante do concorrente Palmeiras, no Serra Dourada.
 
O jogo

“Quem joga por um empate acaba perdendo”, advertiu o técnico Julinho Camargo, assim que subiu no gramado da Arena da Baixada com os jogadores do Goiás. Os visitantes claramente sairiam dali satisfeitos com uma igualdade, mas se armaram para buscar a vitória por meio de contra-ataques.
 
Do outro lado, a torcida do Atlético-PR se incumbiu de não permitir conformismo em sua equipe. A cantoria foi alta nos primeiros minutos – com direito à perseguição ao atacante Zé Love, que passou pelo rival Coritiba e não demorou muito a se desentender com os seus adversários em Curitiba.
 
O Atlético-PR precisou de 20 minutos para fazer o Goiás se incomodar também com as suas investidas. Marcos Guilherme recebeu assistência de Walter do lado direito da área e ficou diante do goleiro Renan, que fez grande defesa para evitar o primeiro gol do jogo.
 
Pouco depois, aos 26, Renan foi vazado. Walter foi lançado por Nikão, dominou bem a bola, protegeu da marcação e finalizou na saída do goleiro para colocar os donos da casa em vantagem e ser festejado na Arena da Baixada.
 
O gol desestabilizou o Goiás, que já não tinha a mesma força e criatividade dos minutos iniciais. Seguro em seu estádio, o Atlético-PR não chegou a ser muito perigoso outra vez até o intervalo, porém manteve o controle da partida.
 
No segundo tempo, o jogo ficou um pouco mais aberto e movimentado, com oportunidades para os dois lados logo no começo. Walter assustou pelo alto, e o Goiás respondeu com um cruzamento rasteiro que Zé Love mandou para fora.
 
Os dois técnicos também trabalharam. Milton Mendes trocou Eduardo e Nikão por Matheus Ribeiro e Ewandro no Atlético-PR, enquanto Julinho Camargo substituiu Patrick por Murilo Henrique no Goiás.
 
O Atlético-PR levou a melhor depois das alterações. Aos 31 minutos, Rodrigo derrubou infantilmente Hernani dentro da área. Pênalti, que Walter cobrou com força para deixar o resultado positivo mais próximo de sua equipe na Arena da Baixada.
 
Ainda houve tempo para outro gol. Ewandro, aos 44, tirou proveito de um rebote de Renan em chute de Dellatorre (que entrara na vaga de Daniel Hernández) e estufou a rede defendida pelo Goiás, fechando a contagem.
 
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 3 X 0 GOIÁS
 
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 30 de agosto de 2015, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
Cartões amarelos: Otávio (Atlético-PR); Zé Love, Rodrigo e Renan (Goiás)
Gols: ATLÉTICO-PR: Walter, aos 26 minutos do primeiro tempo, e aos 32 minutos do segundo tempo, e Ewandro, aos 44 minutos do segundo tempo
 
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo (Matheus Ribeiro), Wellington, Gustavo e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Ewandro), Daniel Hernández (Dellatorre) e Marcos Guilherme; Walter
Técnico: Milton Mendes
 
GOIÁS: Renan; Everton, Alex Alves (Deivid Duarte), Fred e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick (Murilo Henrique) e David; Bruno Henrique, Erik (Ruan) e Zé Love
Técnico: Julinho Camargo
 
 
 
 
Outras matérias
11/05/17 19:52 Laudo técnico aponta avarias na cobertura do Maracanã na Rio 2016
30/08/15 22:28 Com golaço de Ricardo Oliveira, Santos vence a primeira fora de casa
30/08/15 21:38 Timão flerta com recuo, mas segura ímpeto da Chape e vence por 3 a 1
30/08/15 21:23 Flamengo derrota o Sport na Arena Pernambuco
30/08/15 21:10 Patric salva, e Atlético-MG vence o Fluminense no Maracanã
30/08/15 19:46 Gabriel Jesus decide de novo e Verdão volta ao G4 cantando ?aleluia?
30/08/15 14:55 Grêmio não sai do zero contra Coxa
30/08/15 14:38 Avaí atropela Inter na Ressacada e respira
29/08/15 23:12 São Paulo vence a Ponte Preta e volta a ser aplaudido no Morumbi
29/08/15 21:13 Vasco leva gol no último minuto e perde do Figueirense no Maracanã
23/08/15 21:03 Atlético-MG vira sobre o Palmeiras em outra noite de Lucas Pratto
23/08/15 18:50 Guerrero quebra jejum e Fla vence São Paulo de virada na estreia de Oswaldo
23/08/15 18:37 D'Ale perde pênalti, mas Inter mostra 'nova cara' e vence o Atlético-PR
23/08/15 18:24 Corinthians passeia com dois de Love e aproxima Cruzeiro da zona da degola
23/08/15 18:11 Fluminense sofre virada do Joinville, mas segue no G4
22/08/15 20:19 Santos atropela Avaí com 5 gols e redenção de R. Oliveira
22/08/15 20:31 Zé Love estreia pelo Goiás com gol de bicicleta contra o Vasco
22/08/15 18:55 Náutico dá vexame e toma chocolate do Luverdense
23/08/15 11:23 Massa chega ao quarto lugar na tabela, mas lamenta ritmo ruim em Spa
23/08/15 11:12 Hamilton afasta fantasma da largada e vence o GP da Bélgica
Cadastre seu e-mail:
BR Informe é um portal independente de notícias.
Expediente | Seja um Colaborador | Fale Conosco