InfoJud 728x90

Veja repercussão da aprovação pela Anvisa do uso emergencial de vacinas contra a Covid-19

Por Redação em 17/01/2021 às 16:58:03

Agência autorizou neste domingo uso emergencial da chinesa CoronaVac e da vacina de Oxford. Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que vacinação no país começa na quarta (20). Políticos e autoridades comemoraram a decisão tomada neste domingo (17) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que liberou o uso emergencial no país de duas vacinas contra a Covid-19: a CoronaVac e a de Oxford.

Logo após a decisão da Anvisa, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que o governo começa nesta segunda (18), às 7h, a distribuição de vacinas contra a Covid-19 para todos os estados. Ele também previu o início da campanha para quarta-feira, às 10h.

Também momentos depois da aprovação pela Anvisa, o governo de São Paulo aplicou a primeira dose da CoronaVac no país. A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, foi a primeira pessoa, fora dos estudos clínicos, a receber a vacina.

A CoronaVac foi desenvolvida na China mas, no Brasil, será produzida pelo Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

Pazuello afirma que vacinas começam a ser distribuídas na manhã desta segunda (18)

Veja o que disseram políticos e autoridades sobre a decisão da Anvisa:

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado: "Seja de onde for, venha de onde vier, a vacina é essencial para que possamos retomar as rédeas de nossas vidas. Vem, vacina! Guiada pela ciência, a @Anvisa acaba de autorizar o uso emergencial da #CoronaVac e da #Oxford."

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara: "A data de hoje entra pra história. Venceu a ciência, finalmente teremos as primeiras vacinas disponíveis à população brasileira e milhares de vidas serão salvas. A Anvisa cumpriu seu papel de agência do Estado. O Brasil ainda responde por 10% das mortes pela covid no mundo, o que é inaceitável. Gostaria de parabenizar todos os profissionais de saúde envolvidos e ainda o empenho do governador @jdoriajr. E que venham outras vacinas! #vemvacina."

João Doria (PSDB), governador de São Paulo: "Dia histórico para ciência brasileira. A Anvisa acaba de aprovar por maioria o uso emergencial da Vacina do Butantan. Vitória da ciência. Vitória da vida. Vitória do Brasil. #VacinaJá."

Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde: "A vida tem pressa. Parabéns São Paulo. Xô trevas. Xô negacionismo. Xô charlatões. A luz da CIENCIA chegando via Butantan e Fiocruz!"

Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do Brasil: "Parabéns ao Butantã, a Fio Cruz e principalmente aos que se dedicam à saúde. E não esquecer: o vírus continua a agir. Vacinem-se e continuem a evitar aglomerações. Se possível, continuem em casa. A epidemia passará, mas depende de cada um de nós ajudar."

Gilmar Mendes, ministro do STF: "Em meio a uma semana tão dura, a aprovação do uso emergencial de vacinas é um alento. Parabenizo todos os profissionais envolvidos e a ANVISA pela seriedade e rapidez nesse trabalho. Devem agora os governantes estar à altura do desafio de imunizar toda a população. #VacinaJa."

Wellington Dias (PT), governador do Piauí: "A aprovação pela Anvisa por uso emergencial das vacinas da Covid-19, com critérios científicos, nos obriga a antecipar a definição do calendário. Estou otimista que a vacinação já comece nesta semana. Vamos lutar para que este benefício chegue logo para os brasileiros."

Carlos Sampaio, líder do PSDB na Câmara dos Deputados: "A autorização da Anvisa para o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Oxford/AstraZeneca é uma vitória da ciência e renova nossa esperança na luta contra a pandemia. Nosso reconhecimento ao governador João Dória, cujo empenho e responsabilidade para com o Brasil nos inspiram, e também ao Instituto Butantan, aos cientistas, voluntários, profissionais da saúde e a todos os envolvidos nessa conquista. Agora, nosso apelo é para que o governo federal faça a vacina chegar aos brasileiros em todo o país. É preciso união de esforços, diálogo entre os governos, e que cada um cumpra com a sua responsabilidade. Não há tempo a perder. Cada dia e cada vida importam.”

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
Coronavirus 728x90