Prefeito de SP, Bruno Covas decide se licenciar do cargo

Por Redação em 02/05/2021 às 18:03:16

Ele está tratando de um câncer no sistema digestivo com metástase óssea O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu se licenciar do cargo. Ele está se tratando de um câncer no sistema digestivo com metástase óssea. O vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), assumirá a maior prefeitura do país.

Covas pedirá à Câmara Municipal licença de 30 dias do cargo, informou a prefeitura, por meio das Secretarias de Governo e Especial de Comunicação.

O ofício com o pedido de afastamento por 30 dias será enviado amanhã, dia 3, com base nos artigos 65 e 66 da Lei Orgânica do Município.

“Diante da necessidade de dedicação exclusiva ao tratamento médico neste momento, o prefeito Bruno Covas pedirá licença de 30 dias à Câmara Municipal e o cargo será exercido pelo vice-prefeito Ricardo Nunes. Desde que recebeu o diagnóstico da enfermidade, Covas adotou total transparência em respeito à população. Com o surgimento de novos focos [de câncer], o prefeito de São Paulo precisará de dedicação integral ao tratamento e entende que não será compatível com as suas responsabilidades e compromisso com a cidade e os paulistanos”, diz a nota do governo municipal.

O prefeito esteve internado entre 15 e 27 de abril depois que exames identificaram novos focos de câncer nos ossos e no fígado. O tucano luta contra a doença há um ano e meio. Em outubro de 2019, descobriu um câncer na cárdia, no trato digestivo, com metástase no fígado e uma lesão nos linfonodos. O prefeito fez oito sessões de quimioterapia, seguidas pelo tratamento de imunoterapia. Em fevereiro, exames mostraram que o câncer voltou a se espalhar e ele foi submetido a mais quatro sessões de quimioterapia.

Segundo boletim médico divulgado na semana passada, Covas seguiria com tratamentos de quimioterapia e imunoterapia por mais duas semanas. Reeleito no segundo turno em novembro passado, o tucano vinha despachando do hospital e de casa, mas agora seu estado inspira mais cuidados.

Fonte: Valor Econômico

Tags:   Valor
Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
Coronavirus 728x90