AL- SOS Mulher

Trabalhador rural tem AVC após queda e está em estado grave aguardando um leito de UTI em MT

Por Redação em 11/01/2022 às 20:30:51

Família buscou ajuda da Defensoria Pública para custear o tratamento, já que não possui condições de pagar pelas despesas. Trabalhador segue internado no hospital de Nossa Senhora do Livramento.


O trabalhador rural Manoel Francisco da Silva, de 52 anos, está intubado e sedado no hospital municipal de Nossa Senhora do Livramento, a 37 km de Cuiabá, após ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele corre risco iminente de morte, segundo laudo médico, e precisa ser transferido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UTI) e ser avaliado por um neurologista.

Há quatro dias, a família conseguiu uma liminar no plantão da justiça na comarca de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Segundo a sobrinha dele, a cozinheira Rosilene Paula da Silva, 35 anos, a decisão não foi cumprida.

O quadro de saúde de Manoel, até agora, não apresentou melhora. Ele segue intubado e sedado, em estado grave, segundo aponta o laudo médico citado na requisição da Defensoria Pública de Várzea Grande, assinado pela defensora Tatiana Almeida de Rezende.

No pedido, a defensora ressaltou que as despesas médicas devem ser custeadas pelo estado porque a família não tem condições de cobrir os gastos do tratamento, caso seja disponível uma vaga na rede hospitalar privada. Até o momento, ele continua internado no Sistema Único de Saúde (SUS).


Trabalhador rural Manoel da Silva, à esquerda, segue internado no hospital municipal de Nossa Senhora do Livramento após sofrer um AVC — Foto: Arquivo pessoal
Trabalhador rural Manoel da Silva, à esquerda, segue internado no hospital municipal de Nossa Senhora do Livramento após sofrer um AVC


De acordo com o prontuário médico ao qual o g1 teve acesso, ele sofreu uma queda devido ao problema de alcoolismo que enfrenta. A família encontrou ele deitado no chão e, ao perceberem que não tinha reação, encaminharam ele ao hospital, dando entrada na unidade hospitalar já em coma.

A sobrinha dele disse que eles fizeram orçamento do tratamento em até três hospitais para conseguir ajuda da Defensoria Pública. Apenas um dos hospitais respondeu, dizendo que não possuem tratamento especializado para este caso.

O trabalhador segue internado no hospital municipal de Nossa Senhora do Livramento aguardando transferência para uma unidade com atendimento neurológico.

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
AL- Vacina que volta
Coronavirus 728x90