AL- SOS Mulher

Com metas traçadas em três competições, Juventude pode ter quase 60 jogos em 2022

Por Redação em 15/01/2022 às 07:07:39

Para o Campeonato Gaúcho, primeiro compromisso da temporada, clube quer chegar entre os quatro melhores Juventude analisa propostas por Sorriso e admite chance de venda

O Juventude busca a consolidação no cenário de elite do futebol brasileiro nesta temporada. Com três competições previstas no calendário, o clube projeta um papel ainda mais protagonista para alçar voos maiores em 2023. Para isso, busca objetivos que renderão, no mínimo, 57 jogos a ser disputados.

Do total, a projeção da diretoria aponta para 13 compromissos no Gauchão, as 38 rodadas da Série A e pelo menos seis confrontos na Copa do Brasil. No cenário mais pessimista, o Alviverde jogará 50 partidas em 2022.

De qualquer forma, a campanha alviverde na temporada ficará próxima dos últimos anos. Em 2021, com a eliminação precoce na segunda fase da Copa do Brasil, o Juventude somou 53 jogos. Em 2020, a quantia foi maior justamente por atingir as oitavas de final do mata-mata nacional.

Jogos do Juventude

2021: 53 jogos (Gauchão, Copa do Brasil e Série A)

2020: 57 jogos (Gauchão, Copa do Brasil e Série B)

2019: 43 jogos (Gauchão, Copa do Brasil e Série C)

2018: 51 jogos (Gauchão, Copa do Brasil e Série B)

2017: 52 jogos (Gauchão, Copa do Brasil e Série B)

Ricardo Bueno e Elton em treino do Juventude

Fernando Alves / EC Juventude

Para atingir os 13 jogos traçados no Gauchão, o Juventude precisa se classificar para as semifinais. Em 2021, só obteve a vaga na última rodada, mas acabou em terceiro lugar após as 11 partidas da primeira fase.

- A gente tem metas esportivas muito bem definidas pela nossa direção e que foram passadas pela comissão técnica. Em um futuro próximo devemos passar também para os atletas. Nós temos que estar entre os três melhores (do Campeonato Gaúcho). Esta é nossa projeção mínima - assegura o executivo Marcelo Barbarotti.

Além da competição estadual, o time tentará voltar às oitavas de final da Copa do Brasil, o que garantiria pelo menos mais seis partidas. Por fim, irá encarar as 38 rodadas da Série A. Neste caso, a direção não deixa de sonhar com uma vaga em competição continental para 2023.

- Em relação à Copa do Brasil, atingir as oitavas de final, feito que o clube conseguiu recentemente, e também é um objetivo mínimo. No Campeonato Brasileiro, lógico que o objetivo principal é se manter na divisão e que não seja de forma tão sofrida. Quem sabe, sonhar com uma vaga em uma competição internacional - finaliza o dirigente.

O primeiro desafio do clube pelo Gauchão ocorre no próximo dia 26, contra o Inter, no Estádio Alfredo Jaconi. A partida tem início marcado para as 16h.

sociojaconero.juventude.com.br

Fonte: Globo Esporte/G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
AL- Vacina que volta
Coronavirus 728x90