InfoJud 728x90

Depois de acusar EUA de invadir águas territoriais, Rússia testa mísseis

Por Redação em 26/11/2020 às 17:06:37

Nesta quinta-feira, 26, a Rússia demonstrou o uso do míssel hipersônio Tsirkon no mar Branco. No dia anterior, o país lançou o projétil anti-navios Kh-35 no Oceano Pacífico. Os dois testes aconteceram logo depois de um incidente envolvendo os Estados Unidos no mar do Japão. Na terça-feira, 24, um navio de guerra russo ameaçou atingir um destróier dos Estados Unidos depois que ele invadiu águas territoriais que o governo de Vladmir Putin considera suas. A embarcação norte-americana acabou deixando a área em seguida. Enquanto a Rússia acusa os norte-americanos de terem viajado por dois quilômetros no seu lado do território marinho, os Estados Unidos dizem que as afirmações são falsas e que não houve qualquer irregularidade. Segundo a emissora de televisão britânica BBC, o porta-voz da 7ª Frota da Marinha dos EUA, o tenente Joe Keiley, afirmou que a embarcação norte-americana "não foi "expulsa" do território de nenhuma nação" e que o país "nunca se curvaria por intimidação ou seriam coagidos a aceitar reivindicações marítimas ilegítimas, como as feitas pela Federação Russa".

Leia também

Sputnik V tem eficácia acima de 95% após segunda dose, diz Rússia

Rei da Jordânia é o primeiro líder árabe a falar com Biden após eleições

Putin diz que não parabenizará vencedor da eleição nos EUA até confirmação oficial

Em abril de 2010, osEstados Unidose aRússia assinaram um tratado de redução de armas que ficou conhecido como "New START". Além de limitar o número de ogivas e mísseis, o acordo autoriza o mútuo monitoramento por satélites e inspeções anuais. Com a proximidade da expiração do contrato, que perderá a validade em 5 de fevereiro de 2021, os países ainda não chegaram a um consenso sobre a substituição ou renovação do programa. Assim como Jair Bolsonaro, o presidente Vladmir Putin ainda não parabenizou Joe Biden pelo resultado das eleições norte-americanas projetado pela mídia.

*Com informações de agências internacionais

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
Coronavirus 728x90