Brasileiro membro de facção e envolvido em ataque a senador paraguaio é preso em São Paulo

Um membro do PCC procurado por envolvimento em um ataque contra um senador paraguaio foi capturado na região metropolitana de São Paulo nesta terça-feira (3).

Por Redação em 03/04/2024 às 14:20:03

Um membro do PCC procurado por envolvimento em um ataque contra um senador paraguaio foi capturado na região metropolitana de São Paulo nesta terça-feira (3). O brasileiro identificado como Elton Ramos da Silva, conhecido como Índio, estava foragido desde 2011, quando escapou de um presídio no Paraguai. Ele também é investigado por crimes cometidos no Brasil e tinha um mandado de prisão em aberto. De acordo com a Polícia Militar, Índio é apontado como integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) e seria responsável por recrutar novos membros para a facção criminosa. Em 2010, ele teria participado de um atentado contra o senador paraguaio Robert Acevedo, que resultou na morte do motorista e do segurança do parlamentar. Acevedo foi atingido de raspão, mas sobreviveu ao ataque.

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp! WhatsApp

Preso na época do crime, Índio foi resgatado da prisão no ano seguinte por homens armados. Desde então, ele estava desaparecido. Após receber denúncias, a Polícia Militar conseguiu localizá-lo em uma residência em Diadema. Os policiais da Rota cercaram o local e efetuaram a prisão do suspeito, que não ofereceu resistência durante a operação. A prisão do acusado representa um avanço nas investigações sobre o atentado ao senador paraguaio e reforça a atuação das forças de segurança no combate ao crime organizado.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90