Correios suspendem coleta de roupas nas doações para o Rio Grande do Sul

Por Redação em 16/05/2024 às 11:55:11

Os Correios suspenderam o recebimento de itens de vestuário como doações para o Rio Grande do Sul. A empresa está recebendo doações em todas as suas agências para as vítimas das enchentes no estado, mas 70% de tudo o que chegou são roupas, sapatos e outras peças.

Após consulta à Defesa Civil no RS, os Correios pedem prioridade aos demais itens coletados:

Água (prioritário),

Alimentos da cesta básica,

Produtos de higiene pessoal,

Material de limpeza seco,

Ração para pet.

Além de abrirem as agências para servirem como pontos de coleta, os Correios também fazem o transporte gratuito dos donativos às zonas atingidas. Quem doa, não precisa pagar pelo envio.

São mais de 10 mil unidades, em todos os estados e no Distrito Federal. No Rio Grande do Sul, há uma lista de agências em funcionamento. (veja a lista abaixo)

Até quarta-feira, mais de 11 mil toneladas de doações já haviam sido recebidas. Os Correios pedem que o doador embale e identifique o tipo de material, apesar de não ser uma exigência para o transporte.

Veja como facilitar a triagem:

Cestas básicas devem ser entregues já fechadas ou com os alimentos reunidos em sacos transparentes.

O ideal também é que os itens de higiene pessoal sejam entregues já reunidos em kits, em sacos transparentes.

Separe os itens por categorias e coloque em caixas ou sacolas que podem ser fechadas/amarradas.

Coloque em caixas ou sacola com boa vedação, com cuidado para não haver rasgos ou furos.

Para uma melhor logística, pedem também que a população do Sudeste e do Sul priorize as doações de água potável. As demais regiões podem dar preferência aos itens secos.

Segundo a empresa, as carretas já entregaram mais de 1 mil toneladas de donativos para a Defesa Civil no Rio Grande do Sul. A ação integrada está sendo realizada por iniciativa conjunta da Diretoria Executiva da estatal e do Ministério das Comunicações.

Precisa-se de voluntários

Também é possível se inscrever como voluntário para ajudar na coleta e organização dos itens para doação. Segundo os Correios, mais de 1 mil já se inscreveram para atuar na triagem de donativos.

"A empresa está recrutando pessoas para apoio nas cidades de Brasília (SOF Sul) e nos municípios de Cajamar e Guarulhos, na Grande São Paulo", diz a empresa.

"O apoio será necessário nos municípios de Cajamar e Guarulhos, no estado de São Paulo; em Brasília (DF), no Setor de Oficinas Sul/SOF Sul; e em Curitiba, Cascavel e Londrina, no Paraná."

As inscrições podem feitas:

Pelo e-mail: [email protected] (Brasília);

Pelo formulário https://forms.office.com/r/aWbDzJ2Ac1 (São Paulo);

Pelo e-mail: [email protected] (Paraná).

A inscrição deve conter nome completo e telefone de contato.

Lista de agências no RS

As agências ativas no Rio Grande do Sul são: São Borja, Santo Angelo, Santa Rosa, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Campo Bom, Sapiranga, Parobe, Taquara, Montenegro, Pelotas, Rio Grande, Camaqua, Bagé, Jaguarão, São Lourenço do Sul, Anta Gorda, Arvorezinha, Butia, Cachoeira do Sul, Charqueadas, Estrela, Foutoura Xavier, Guaporé, Ilopolis, Mato Leitão, Nova Brescia, Pântano Grande, Rio Pardo, Salto do Jacuí, Santa Cruz do Sul, Sobradinho, Teotoania, Taquari, Venancio Aires e Vera Cruz.

Em Porto Alegre, a arrecadação ocorre nos Centros de Distribuição Domiciliária Vila Jardim, (Avenida Saturnino de Brito, 46, Vila Jardim), Antônio de Carvalho (Avenida Bento Gonçalves, 6613) e, a partir de terça-feira (7), nos CDDs Restinga (Estrada Barro Vermelho, 59) e Cavalhada, (Camaquã, 408).

Todos funcionam das 8h às 17h e recebem itens como: colchões, cobertores, lençóis de solteiro, água, produtos de higiene, copos plásticos, fraldas infantis e geriátricas e rações para cães e gatos.

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90