ONM 2

Seis são presos suspeitos de matar síndico após morador perder dinheiro dentro de apartamento em MT

.

Por Redação em 09/07/2024 às 11:21:11

Os investigados fazem parte de uma organização criminosa conhecida por cometer crimes violentos em Mato Grosso. O latrocínio funcionou como uma forma de vingança. O latrocínio funcionou como uma forma de vingança.

Polícia Civil de Mato Grosso

Seis pessoas foram presas nesta terça-feira (9), durante a Operação Desforço Encarregado, suspeitas de envolvimento no latrocínio de Hildebland Pereira da Silva, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá. O caso aconteceu em janeiro, quando uma quantia de dinheiro sumiu em um apartamento do condomínio em que a vítima era síndico.

? Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp

Segundo a Polícia Civil, os investigados fazem parte de uma organização criminosa conhecida por cometer crimes violentos em Mato Grosso e a maioria deles possui passagens criminais.

Na época do crime, Hildebland foi acusado pelos suspeitos de ter furtado uma quantia de dinheiro, que supostamente desapareceu do apartamento de um dos suspeitos. O latrocínio funcionou como uma forma de vingança.

As investigações concluíram que os suspeitos forneceram o veículo utilizado no latrocínio e participaram do espancamento e dos disparos

Polícia Civil de Mato Grosso

Ao todo, 17 mandados judiciais foram cumpridos por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva), entre 11 ordens de busca e apreensão domiciliar e seis de prisão temporárias.

Os seis suspeitos serão interrogados e os objetos apreendidos analisados.

LEIA MAIS:

Polícia apreende mais de 130 kg de maconha em caminhão de prefeitura

Projeto que prevê multa por porte e uso de drogas em espaços públicos é apresentado

O crime

No dia 31 de janeiro, a vítima foi espancada e atingida por tiros. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Diego Alex Martimiano da Silva, o laudo de necropsia concluiu que Hildebland morreu por falência múltipla dos órgãos causada por um objeto contundente, que perfurou os órgãos.

As investigações concluíram que os suspeitos forneceram o veículo utilizado no latrocínio e participaram do espancamento e dos disparos. Uma arma de fogo foi apreendida na casa de um deles.

? Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90