ONM 2

Dia da Pizza: conheça a história da família que respira a iguaria há 55 anos

Quem não gosta de pizza, bom sujeito não é! Essa frase poderia ser incorporada facilmente à rotina do paulistano, já que a capital é a segunda cidade que mais consome pizzas no mundo, perdendo somente para Nova York.

Por Redação em 10/07/2024 às 06:59:09

Quem não gosta de pizza, bom sujeito não é! Essa frase poderia ser incorporada facilmente à rotina do paulistano, já que a capital é a segunda cidade que mais consome pizzas no mundo, perdendo somente para Nova York. Dia 10 de julho comemora-se o Dia da Pizza. Então, o portal da Jovem Pan foi atrás de uma história que tivesse a ver com a paixão pelo prato. E já que degustar essa receita tem a ver com família, reunião de amigos e celebração, entrevistamos um profissional que, já na barriga da mãe, nutria amor pela redonda e tudo que envolve sua preparação. "Posso dizer que a pizza é minha vida, já que cresci sentindo o aroma da massa, ouvindo meu pai e avô discutirem receitas e, claro, sem falar no verdadeiro encantamento que corre nas veias. Para mim, pizza é mais que um negócio, é um movimento afetivo, que reúne, que celebra e alimenta, e ainda, emprega milhares de pessoas", explica Marcus Paschoal, diretor da Micheluccio Pizza Artezanalle, uma das redes pioneiras no setor. A receita vem de berço, já que o pai, Miguel Paschoal (que originou o nome referente ao apelido em italiano) fundou a empresa há 55 anos.

A rede se expandiu, com a abertura das filiais em diferentes locais. "Hoje estamos com as unidades da Aclimação, Brooklin e Morumbi. Nosso objetivo é levar adiante a tradição da verdadeira pizza, com o toque e atendimento perfeitos, características empregadas nessa trajetória de sucesso", comenta o empresário. É fato que o mercado de delivery cresce em uma constante, sendo o consumo de pizza o principal destaque. De acordo com pesquisas, os pedidos são mais realizados pela chamada Geração Z, que representa os jovens de 18 a 29 anos, com uma alta de 31% na comparação entre 2022 e 2023. Ainda, o consumo de pizza no Brasil se destaca entre os produtos de fast food, já que é o segundo alimento que mais contribui positivamente em volume, com alta de 2,8%, perdendo apenas para os sanduíches.

Para Marcus, essa evolução já era esperada, mas, diante de tanta demanda, é preciso estar atento aos detalhes. "Durante anos mantivemos e vamos manter a qualidade dos ingredientes, segurança dos processos e claro, nosso segredo que envolve a receita da massa mais que especial. As versões de cardápio servidas com bordas grandes e generosos recheios justificam o sucesso e o reconhecimento vem através da opinião de jornalistas, artistas e formadores de opinião. A marca chegou a ser considerada sinônimo de pizza na década de 80 em São Paulo. A Micheluccio é uma das poucas pizzarias da cidade que ainda oferece a verdadeira pizza paulistana", explica.

Os clientes podem apreciar iguarias únicas da rede, que vende mais de 8 mil unidades por mês. "Hoje é difícil dizer que temos uma pizza que não tem em outras redes, pois elas são copiadas, mas o calzone Little Italy e Porto Fino são as criações mais recentes da nossa marca", conta Paschoal. Ele lembra que teve um grande crescimento do delivery na pandemia — no e pós —, já que muitas pessoas não usavam aplicativos para fazer pedidos em casa e hoje acabou se tornando um hábito. "Nosso diferencial está em muitos fatores, mas o principal se refere à receita exclusiva da massa. Ainda, nosso molho é feito com o próprio tomate, e não com enlatados. Tudo é confeccionado com ingredientes artesanais", esclarece.

A rede ainda prevê a abertura de outras unidades em formatos diferentes, de acordo com cada região, segundo o empreendedor. "Mantemos a tradição dos nossos produtos, mas procuramos nos atualizar constantemente, permitindo uma expansão de negócios variada que vai desde o modelo tradicional de pizzaria com salão, delivery e take away, até os serviços de eventos, que intitulamos de ‘Pizza in Casa’. As pizzas tradicionais (marguerita, calabresa e quatro queijos) são as mais vendidas, comprovando que o brasileiro é apaixonado pelos sabores tradicionais." Ainda, como prova de que eles estão à frente, o menu oferta os sabores salgados com versões próprias, além da variedade enorme de outros itens como pizzas doces, veganas e sem lactose, como também pão de calabresa de fermentação natural, calzones e carta de vinho de rótulos selecionados e cervejas artesanais. Aliás, para comemorar junto aos clientes, a marca oferece uma promoção exclusiva válida somente para este dia 10: os primeiros 50 clientes que comprarem através do app da pizzaria ganham uma garrafa de vinho.

*Especial para a Jovem Pan

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90