AL- Vacina que volta

Confiança do comerciante cai 3,1% em outubro, aponta CNC

Por Redação em 25/10/2021 às 11:19:01

Na comparação com mesmo mês de 2020, houve alta de 15,6% O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), caiu 3,1% em outubro, perante o mês anterior, para 119,3 pontos. Na comparação com outubro de 2020, houve alta de 15,6%. Para a CNC, o recuo no mês, o segundo consecutivo, mostra que as vendas relacionadas ao Dia das Crianças, em outubro, não foram suficientes para retomar a confiança do empresário varejista.

Assim como o indicador completo, os três tópicos usados para cálculo do Icec mostraram quedas na comparação com setembro; e altas ante outubro de 2020. É o caso de condições atuais, com queda de 4,5% e alta de 39%, respectivamente nas duas comparações; expectativas, com retração de 3,1% e elevação de 3,2%; e intenções de investimentos, com recuo de 2% e alta de 17,4%.

Em comunicado sobre o indicador, o presidente da CNC, José Roberto Tadros, admitiu que, após resultados positivos, a tendência de baixa iniciada em setembro ressalta menor confiança em relação à conjuntura no país. "Entre os fatores que provavelmente constituíram a taxa do Icec em outubro, é possível considerar a inflação gerada no processo de recuperação das economias desde o ano passado; o destravamento das medidas contra a covid-19; os efeitos do câmbio, das commodities e da escassez de chuvas", citou o presidente da CNC.

Já o economista da CNC, Antonio Everton, comenta que o indicador foi infuenciado por evidência das condições macroeconômicas desfavoráveis para os empresários. "A possibilidade do encerramento da transferência do auxílio emergencial, o aumento do endividamento das famílias e a alta dos custos são apenas alguns dos fatores que podemos listar. O cenário atual é de aumento de preços, ocasionando desequilíbrios entre oferta e demanda e pressões para formação de preços maiores, complicando a decisão dos preços finais ", observou Everton, em informe sobre o Icec.

Fonte: Valor Econômico

Tags:   Valor
Comunicar erro
Agro Noticia 728x90
Coronavirus 728x90